Education

Como melhorar o trabalho e o estudo remoto com mesas digitalizadoras e monitores interativos

Share:

Para otimizar o tempo, melhorar o desempenho e o bem-estar de quem está à distância, especialista explica como escolher algumas ferramentas

 

A pandemia de Covid-19 alterou diversos hábitos corriqueiros, acrescentando a alta demanda por trabalho e estudo remoto. Segundo estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA), a estratégia adotada por 46% das empresas durante a pandemia foi de adesão ao formato de home office. Além disso, com a suspensão das aulas presenciais por conta do isolamento social, o Ministério da Educação (MEC) autorizou o funcionamento dos cursos na educação a distância até que a situação seja normalizada no país. O crescimento do ensino a distância já era uma crescente no Brasil. Em 2019, as matrículas na modalidade EAD de cursos superiores ultrapassaram os cursos presenciais, com 1,4 milhão de alunos (cerca de 52% dos matriculados).

Ao trabalhar e estudar no formato digital, surgiu também a necessidade de ter melhores equipamentos. Nesse aspecto, mesas digitalizadoras e monitores interativos são uma ótima opção para otimizar o tempo e potencializar a qualidade do trabalho, além de apresentarem uma melhor ergonomia para melhorar o bem-estar durante o uso.

Mesa digitalizadora vs monitor interativo

Quando se usa um mouse as opções são simples: clica, ou clica e mantém pressionado. Já as mesas digitalizadoras e os monitores interativos abrem um grande leque de opções, porque a pressão utilizada na caneta pelo usuário pode alterar completamente o resultado do projeto. Além disso, sabe-se que é praticamente impossível escrever com o mouse. Já com a caneta, a precisão do traço é sem igual. Assim, é necessário compreender qual produto é mais indicado para cada tipo de necessidade.

As mesas digitalizadoras normalmente funcionam como uma interface, na qual o usuário escreve ou desenha enquanto observa todas as criações em uma tela. É um formato similar a quem usa um mouse, mas com melhor ergonomia já que o processo de usar uma caneta é mais natural ao ser humano. Já os monitores interativos funcionam como uma segunda tela. Assim, escrever ou desenhar é algo feito direto na tela. Similar ao formato de um tablet, os monitores interativos unem as funções de mouse e de monitor em uma mesma ferramenta.

“As mesas digitalizadoras e os monitores interativos foram criados para tornar os projetos digitais cada vez mais naturais. A melhor opção vai variar de acordo com o gosto de cada usuário, do espaço disponível, e do formato que melhor se adapta às suas necessidades”, explica Thiago Tieri, gerente de marketing da Wacom no Brasil.

Confira abaixo algumas indicações selecionadas para quem deseja melhorar o desempenho e o bem estar no formato remoto.

 Wacom Intuos com ou sem Bluetooth: mesa digitalizadora com melhor custo-benefício

Com uma caneta leve, super precisa e que se adapta a cada estilo, a Wacom Intuos é elaborada para dar vida às ideias mais inusitadas. A mesa digitalizadora traz uma melhoria ergonômica no momento de criação, escrita ou estudo online.  A caneta Wacom Pen 4K não tem bateria ou a necessidade de recarga, proporcionando horas seguidas de uso, sem interrupções. Com conexão disponível por USB ou Bluetooth. A Wacom Intuos está disponível em dois possíveis tamanhos, pequeno e médio, tem Bluetooth e é compatível com Windows, Android™ e Mac. A mesa digitalizadora acompanha licenças de até dois anos para Clip Studio Paint Pro, de três meses para os softwares Corel® Painter® Essentials™ 7 (64bit) e Corel® AfterShot™ 3 (64bit). A partir de R$ 767 (sem Bluetooth) e de R$ 1.299 (com Bluetooth) na Wacom Store.

Wacom One: monitor interativo de entrada

Em uma tela de 13,3” e resolução de 1920×1080 pixels Full HD, o dispositivo proporciona a melhor qualidade de imagem, além da sensação natural de escrever ou desenhar com uma caneta padrão. A caneta Wacom One não tem bateria ou a necessidade de recarga – proporcionando horas seguidas de uso, sem interrupções. Além disso, possui ergonomia de 19 graus usando pernas dobráveis integradas ao equipamento – o que gera mais conforto e bem-estar aos usuários em qualquer momento. A Wacom One é compatível com Windows, Android™ e Mac, além de possibilitar o uso com outras canetas digitais do mercado. O produto também acompanha como bônus licenças de até seis meses no software Celsys Clip Studio Paint Pro, de dois meses no Adobe Creative Cloud Photography, de dois meses no Adobe Premiere Rush, de seis meses no Adobe Fresco, e vitalício para o Bamboo Paper. A partir de R$ 4.777 na Wacom Store.

Sobre a Wacom

Fundada em 1983, a Wacom é uma empresa global com sede no Japão (Bolsa de Valores de Tóquio: 6727), com subsidiárias e escritórios afiliados em todo o mundo, para apoiar a comercialização e distribuição em mais de 150 países. A visão da Wacom de aproximar pessoas e tecnologia por meio de tecnologias naturais de interface tornou-a a fabricante líder mundial de mesas digitalizadoras e monitores interativos para canetas, além de stylus digitais e soluções para salvar e processar assinaturas digitais. A tecnologia avançada dos dispositivos de entrada intuitiva da Wacom foi usada para criar algumas das artes, filmes, efeitos especiais, moda e designs mais empolgantes do mundo todo, fornecendo aos usuários corporativos e domésticos sua tecnologia de interface líder para expressar sua personalidade. Para mais informações: www.wacom.com

Instagram: @wacom_brasil

Twitter: @WacomBrasil

Facebook: @WacomBrasil

YouTube: @WacomBrasil